12 99754 1285

AUTORES

Chico Lopes

Iniciou sua carreira literária com os contos dos livros “Nó de sombras” (IMS/SP, 2000), “Dobras da noite” (IMS/SP, 2004) e “Hóspedes do vento” (Nankin Editorial, SP, 2010). Em 2011 estreou no romance com a publicação de “O estranho no corredor” (Editora 34/SP), que ficou entre os dez finalistas do Prêmio SP, na categoria romancista estreante, e foi premiado com o Jabuti de 2012, ano em que também publicou suas memórias, “A herança e a procura” (Editora Ler/Brasília). Em 2013 publicou seu primeiro livro de poesia, “Caderno provinciano” (Patuá/SP). Pela Penalux tem 4 livros publicados: "Na Sala Escura: a arte de sonhar com olhos abertos", ensaios sobre cinema (2014), "O pio da coruja", ensaios literários (2015), "Corpos furtivos", romance, e "Florir no escuro", poesia (2016).